ERP inteligente e suas principais características

Confira a matéria publicada pela Revista EXAME em seu website, sobre as características de um ERP inteligente Clicando Aqui.


 

Diferente de um ERP tradicional, a Plataforma Inteligente e Premium (ERP inteligente) já nasceu adequada às novas tecnologias de mobile, nuvem, entre outros dispositivos. É uma ferramenta flexível a processos e que permite a integração de acordo com as necessidades da empresa contratante.

DUAS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DO ERP INTELIGENTE

1. Modelo de negócios Colaborativo e Compartilhado; (ERP”s da Terceira Onda)

2. Todos constroem juntos com o foco alinhado nas tendências e no futuro.
Para exemplificar de forma mais simples a nossa Plataforma Inteligente e Premiada em relação ao ERP tradicional, comparamos com a mudança no comportamento do usuário do Access quando o mesmo percebeu a evolução do programa Excel e os seus facilitadores.

EXCEL X ACCESS COMO EXEMPLO:

As soluções utilizando o Access exigiam a expertise de um programador e o desenvolvimento de forma específica para ficar com o layout que o cliente desejava. As contínuas mudanças no processo também demandavam um profissional full time. O Excel − também produto da Microsoft − que parecia mais complicado, exigia apenas a prática e o entendimento da sua proposta pelo usuário.

A mudança aconteceu com o tempo, quando se percebeu que o Excel era muito mais versátil e prático e que, depois de uma adaptação ao novo paradigma, tratava-se de uma evolução.

A partir desse ponto, houve uma adesão cada vez maior, e as pessoas passaram a utilizá-lo mais que o Access.

É como se o Excel tivesse aberto o mundo para a independência dos programadores. E esse pensamento também pode ser adotado para as Plataformas Inteligentes e Premiadas. Elas vão fazer o mesmo, com relação a processos e ao mercado de ERP.

05 dicas importantes sobre segurança e tecnologia

Está sem tempo de ler agora? Que tal ouvir o artigo? Experimente no player abaixo!

O e-mail e a internet são as ferramentas para trocar informações mais utilizadas no local de trabalho, arquivar documentos e interagir com clientes, fornecedores, parceiros e colaboradores da nossa empresa são algumas rotinas comuns no dia a dia.

As ferramentas citadas acima tornam o nosso trabalho mais ágil e produtivo, entretanto, abrem caminhos para exposição a riscos, comunicações equivocadas, e violações da segurança.

Por isso, a DISOFT busca orientar seus clientes sobre a importância da Segurança da Informação e para os colaboradores utilizarem estes recursos da melhor maneira possível.

Os Hackers (conhecidos como “os piratas da internet”) utilizam e-mails e links falsos para enganar usuários, enviando links mascarados com diversos temas que chamam atenção, como: cartões de amor, extrato, serasa, etc.

Veja 05 dicas importantes sobre segurança:

1) Não acesse links desconhecidos:
Em e-mails, sites, programas de conversa, ou praticamente tudo o que se tem acesso na internet pode, vez ou outra, estar com algum link de caráter malicioso. Cuidado, em caso de dúvidas, peça apoio para equipe de TI.

2) Não enviar dados pessoais por e-mail:
Com a senha do seu e-mail, o hacker tem, assim como você, acesso a todos os e-mails que já foram enviados ou recebidos. Tente, o  máximo possível, não enviar seus dados pessoais, assim como senha de conta bancária.

3) Sites de confiança:
É comum, principalmente quando se recorre a buscadores, ser encaminhado para sites desconhecidos de compras, para assistir a vídeos, ou outras ações. Estes redirecionamentos são usados como estratégia de roubo de informação. Evite cadastrar e-mails corporativos em listas de sites desconhecidos e não relacionado ao negócio da empresa.

4) Cuidado em downloads:
Downloads são um dos grandes motivos de inserção de vírus nas máquinas. Vez ou outra, quando se procura um programa específico, o site pode dar a entender que o download será feito por um link que, na verdade, acarretará em vírus. Não faça downloads de softwares e arquivos desconhecidos sem apoio de TI.

5) Arquivos “.exe” e “.scr”
Um truque simples, mas nem sempre eficaz, para verificar se o link contém vírus é passar o mouse sobre ele (sem clicar) e verificar – no canto inferior esquerdo a barra de status do navegador – qual o local que você será encaminhado se clicar nele. Caso se trate de um “.exe” quer dizer que é um executável, ou seja, um programa, provavelmente, e não site.

Você sabia?
A cada dia surgem 45 novos vírus
Em média a cada 200 e-mails 2 estão infectados
50 milhões de ataques de phishing (18% no Brasil / 100 mil casos por dia – fonte o Globo

Novo vírus Ransomware – Dharma:
Existe um novo vírus circulando chamado Ransomware – Dharma, ele entra na máquina por estes mecanismos acima, após infectá-lo ele dispara para rede, criptografa (desconfigura os arquivos) e somente os invasores (Hackers) tem a chave para reabri-lo, cobrando assim pela liberação. Sequestro digital.