,

5 dicas de Gestão Estratégica de TI para sua empresa

É muito comum em uma empresa que os técnicos de TI sejam apenas lembrados como “ a pessoa que arruma os computadores”, quando o computador apresenta algum tipo de problema, seja no sistema interno ao dar erro em login de algum colaborador ou no e-mail corporativo por exemplo, seja na conexão com a internet ou no bloqueio ao acesso de um site. Porém quando isso acontece a tecnologia da informação é colocada em segundo plano quando deveria na verdade, ter um papel essencial para funcionamento da empresa, já que hoje praticamente tudo depende de uma área de tecnologia ativa integrada a uma visão estratégica.

Por isso atualmente cada vez mais é necessário que os líderes e gestores tenham uma visão integrada e estratégica da área de TI da sua empresa.

 

 Veja 5 dicas para que os investimentos em TI sejam melhores direcionados.

 

1- Plano Diretor de TI

É importante que haja um mapeamento e a documentação dos processos e da sua estrutura de TI para suportar o seu negócio e que analise o retorno de investimento da sua área de tecnologia. Dessa forma, é possível ter uma previsão futura das melhores ações, sendo possível fazer um planejamento, por exemplo, ao investir em um servidor novo, sem que surja um gasto inesperado e que não estava previsto no orçamento.

 

2- Planejamento Estratégico de Projetos

Ao invés de listar todos os projetos a serem realizados, é necessário separá-los utilizando uma metodologia de priorização, ou seja, colocando pesos em cada um deles. Isso porque cada projeto precisa ter um critério diferente para uma tomada de decisão que pode variar de acordo com o objetivo, a relevância e urgência deles. Tendo isso organizado, você poderá visualizar qual o projeto que lhe dará melhor retorno de investimento a curto, médio ou longo prazo.

 

3- Análise de Vulnerabilidade de Risco do seu ambiente

A segurança de seus dados e sistema é algo sempre recorrente quando o assunto é tecnologia, já que o número de vírus é cada vez crescente e, em muitas empresas, é comum que os funcionários utilizem equipamentos pessoais, conectando-os a sua rede. Tudo isso deixa o sistema com maior a vulnerabilidade a ataques cibernéticos e roubo de informações, portanto, é muito importante estar atento aos riscos e investir na proteção e seguridade dos seus aparelhos.

 

4- Gestão de Ativos e Monitoramento do Ambiente

É fundamental que se faça um registro das suas demandas e um catálogo de serviços orientado às necessidades do seu negócio, para que se possa ter uma noção mais clara dos seus investimentos, do seu tempo para desenvolver os projetos desejados. Além disso, é possível ver onde estão seus problemas e resolvê-los. Assim, seria determinante que a equipe analise mensalmente indicadores para avaliar como está a sua área tecnológica.

 

5- Sistemas de Chamado adequados

Conhecido como IT Compliance, é a estrutura de atendimento da empresa precisa estar alinhada à identidade do negócio. Nesse ponto, é necessário se adequar em termos de equipamento, treinamento ou capacitação interna do usuário para melhor comunicação entre a equipe e os profissionais da tecnologia da informação. Isso dará a você a possibilidade de sair da incerteza e analisar os indicadores com mais convicção, agilizando seus projetos.

 

Se você gostou desse artigo e quer saber mais sobre Gestão Estratégica de TI, clique aqui  para ver outros artigos.