5 dicas de segurança de TI para empresas

Você sabia?

A cada dia surgem 45 novos vírus diferentes


Em média a cada 200 e-mails 2 estão infectados


Isso gera 50 milhões de ataques de Phishing (18% no Brasil / 100 mil casos por dia – Fonte o Globo

 

A internet e o e-mail corporativo são ferramentas indispensáveis no local de trabalho, utilizadas tanto para arquivar documentos como para interagir com seus clientes, fornecedores ou colaboradores. Porém com tanta informação valiosa exposta na rede, alguns cuidados devem ser tomados em relação a exposição a riscos, comunicações equivocadas, e violações da segurança.

1- Não acessar links desconhecidos


Principalmente em e-mails, sites e apps de conversa como WhatsApp ou Facebook pode existir um conteúdo que tenha a presença de algum link ou arquivo de Download com caráter malicioso. A melhor dica é se prevenir e não acessar links de pessoas ou fontes desconhecidas, se você já tiver instalado o arquivo e suspeitar de algo na sua conta, peça apoio para sua equipe de TI porquê você pode estar fornecendo acesso a sua conta com informações valiosas sem estar ciente disso.

2- Não enviar dados pessoais por e-mail


Se um hacker obter acesso a sua conta de e-mail seja corporativo ou pessoal ele vai ter o mesmo acesso que você, a todos os e-mails que já foram enviados ou recebidos naquela conta. Por isso é importante que você tente ao máximo não enviar seus dados pessoais como senha da sua conta bancária ou informações como endereço e dados importantes que podem ser usados contra você.

3- Entrar somente em Sites Seguros

É normal quando alguém está usando algum tipo de buscador como Google ser encaminhado para sites desconhecidos de compras, assistir um vídeo ou para alguma promoção que parece ser boa demais para ser verdade. Porém esses redirecionamentos são usados como estratégia de roubo de informação. Nesses casos tente evitar cadastrar seus e-mails corporativos em listas de sites desconhecidos e não relacionado ao negócio da empresa.

4- Ter cuidado com Downloads


Downloads são um dos principais caminhos de entrada de vírus. As vezes quando o usuário está procurando um programa específico, o site pode dar a entender que o download será feito por um link que, na verdade, traz um vírus dentro daquele acesso. Não faça downloads de softwares e arquivos desconhecidos sem apoio da sua equipe de TI.

5 Arquivos “.exe” e “.scr”


Um truque simples, para verificar se o link contém vírus é passar o mouse sobre ele (sem clicar) e verificar – no canto inferior esquerdo a barra de status do navegador – qual o local que você será encaminhado se clicar nele. Caso se trate de um “.exe” quer dizer que é um executável, ou seja, um programa, provavelmente, e não site.

 

Se você gostou dessas 5 dicas de Segurança de TI Para Empresas e quer mais conteúdo sobre Tecnologia da Informação, clique aqui para conhecer 5 dicas de Gestão Estratégica de TI.

0 respostas

Deixe uma Resposta

Quer deixar um comentário?
Sinta-se a vontade para comentar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *