Disoft traz para o Brasil plataforma Openbravo, solução open source de ERP

O diferencial da nova solução é sua possibilidade de construção personalizada de acordo com as necessidades do negócio, setor e aplicativos de mercado

Disoft, companhia especializada em Tecnologia da Informação colaborativa e compartilhada, anunciou que irá disponibilizar no país a plataforma espanhola Openbravo, líder mundial em gestão corporativa Open Source.

Criada em 2001, a plataforma é uma solução criada na Espanha que já ganhou por diversas vezes prêmios como o melhor software de código aberto da categoria. O serviço está presente em mais de 60 países e atende desde empresas de médio porte a organizações de grande escala.

Estrutura da plataforma

De acordo com o comunicado, o sistema que foi localizado para o Brasil é composto por quatro camadas. A primeira, denominada genérica, é capaz de integrar os dados provenientes das áreas corporativas, ou seja, o famoso backoffice, que envolve contas a pagar e a receber, compras, contabilidade, fiscal, faturamento, orçamento, projetos, contratos e demais funcionalidades que são padrão a todos softwares de gestão.

Na sequência, vêm as camadas diferenciais do Segmento, na qual são imputadas características de um tipo específico de negócio, como indústria, logística e distribuição, entre outras. Já na camada Aplicativos, a próxima na estrutura, é possível conectar aplicações de mercado que façam sentido para o negócio da empresa num determinado momento.

Por fim, a solução disponibiliza a camada de Especificidades, cujo foco é implementar projetos específicos para cada cliente, incluindo os seus diferenciais de negócio. Aqui, podem ser consideradas tecnologias de Inteligência Artificial, Machine Learning, Business Intelligence, entre outras.

‘Leva-se muito tempo e investimento para desenvolver um ERP internamente de acordo com as necessidades de negócio da empresa. Já os sistemas tradicionais de mercado não têm esse aspecto de modelagem, já que crescem indefinidamente, sem estruturar as informações em camadas e, por isso estão se tornando obsoletos. Diante deste cenário, a adesão de uma plataforma open source é o caminho para uma gestão corporativa ágil, conectada, eficiente e disruptiva’, explica Claudio Emanuel de Menezes, CEO da Disoft.

Author: Mônica Wanderley

Link da Matéria: Computer World

, ,

A Teceira Onda de ERP’s: Colaborativos e Compartilhados

Diferente da “primeira onda” e da “segunda onda” (a atual) estamos diante da “terceira onda” − uma evolução das outras por permitir a participação de todos os envolvidos…

, ,

Como resolver os três maiores problemas da área de TI no Middle Market

Empresas de pequeno e médio porte podem enfrentar em sua gestão diversos problemas derivados da falta de mão de obra especializada e de investimento em melhorias na área de TI, afetando diretamente os processos internos e externos dos negócios. Entre os três maiores problemas da área de TI no Middle Market  estão a comunicação entre setores diferentes da empresa, softwares em dia e atraso nas informações.

Uma solução eficiente para a correção dessas falhas e aumento na performance dentro de empresas do segmento Middle Market têm sido os softwares de gestão, conhecidos também como sistemas ERP ( Enterprise Resource Planning).

Veja abaixo os três maiores problemas da área de TI no Middle Market e entenda como o sistema ERP é capaz de auxiliá-lo:

1. Informações sobre custos e riscos em tempo real

Empresas de médio porte, em geral, acreditam que somente grandes softwares de gestão poderão atender às suas necessidades e acabam se esquivando da utilização do ERP por falta de recursos, o que pode gerar ainda mais custos ao negócio devido aos riscos associados à falta do suporte. O ERP Openbravo da Disoft chega para atender essa demanda, munido de toda estrutura de um grande e moderno software de gestão e desenhado para entregar informações estratégicas a cada cliente.

2. Baixa automação de processos e pouco recurso para investimento em Softwares

As empresas médias também não possuem grandes áreas de processos e, por isso, muitas vezes eles ficam desatualizados, incompletos e com baixa automação. O Openbravo é originalmente desenvolvido em uma estrutura de processos – motivo pelo qual já levou diversos prêmios internacionais. Sua arquitetura torna muito mais fácil a criação e adaptação de processos de negócio, que podem ser feitos pelos próprios usuários.

3. Integração de informações de diferentes áreas

Para que o fluxo de serviços prossiga de forma correta, as informações entre as diversas áreas de uma empresa precisam estar alinhadas, tornando-as confiáveis para o surgimento de resultados efetivos. O ERP Openbravo mantém a integridade das informações entre diferentes processos, garantindo o mesmo nível de confiabilidade de grandes soluções de ERP estabelecidas no mercado.

Além da alta qualidade na plataforma Openbravo, o sistema de ERP também oferece o diferencial de manter o cliente como participante em todo o processo de implantação. Por se tratar de um produto a nível internacional e opensource, o Openbravo permite a integração com a estrutura de desenvolvimento do cliente, tornando-o apto para a construção de futuras funcionalidades.

Este artigo foi útil para você? Se tiver dúvidas sobre como implantar o ERP em sua empresa, não hesite em falar com a gente.